Pro-Inovação

Descrição

A linha de financiamento Pró-Inovação foi criada por meio da parceria FAPEMIG/BDMG com o objetivo de apoiar projetos de desenvolvimento com foco na inovação de produtos, processos e serviços de empresas instaladas em Minas Gerais.

O Pró-Inovação contempla investimentos fixos, intangíveis e capital de giro relacionados diretamente com atividades voltadas para inovações radicais ou incrementais que resultem em significativa melhoria de qualidade, pioneirismo ou aumento da competitividade no mercado e maior produtividade.

Condições Gerais do Pró-Inovação

Juros: 8% a.a.

Carência: até 12 meses

Prazo total: até 60 meses

Valores financiáveis: Até R$ 2 milhões por empresa

Itens Financiáveis

Obras civis, construção e reforma; máquinas e equipamentos novos, usados ou importados; instalações, montagens, móveis e utensílios; veículos utilitários ou caminhões novos; informatização e desenvolvimento tecnológico; pesquisa e desenvolvimento; investimentos intangíveis e capital de giro associado (até 30% do valor solicitado).

Garantias

Aval dos sócios em operações até R$ 1 milhão. Outras modalidades de garantias, conforme política de crédito do BDMG, em operações acima de R$ 1 milhão.

Como Participar:

A empresa deve preencher o Formulário Pró-Inovação e o Quadro de Usos e Fontes Pró-Inovação, enviar em formato eletrônico para o endereço inovacao@bdmg.mg.gov.br e encaminhar uma versão impressa e protocolar na FAPEMIG.

Endereço: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG, Departamento de Relações Empresariais, localizada à Rua Raul Pompéia, n. 101, 9o Andar, Bairro São Pedro, CEP 30.330-080, em Belo Horizonte/MG.

A partir desse momento o projeto passa pelas seguintes etapas:

Fase 1: Avaliação do projeto pelo Comitê de Julgamento do Pró-Inovação. Caso seja aprovado o mérito inovador, o projeto será enquadrado dentro da linha de financiamento e a empresa será notificada sobre o próximo passo.

Fase 2: Apresentação do plano de negócios e da documentação necessária, conforme orientação do BDMG, para a análise econômica – financeira do projeto, pelo BDMG.

Esclarecimentos sobre o setor Tecnologia da Informação (TI):

Serão considerados os projetos que apresentarem aplicações inovadoras de TI, com os riscos tecnológicos e metodologia de pesquisa e desenvolvimento bem delineados e não apenas os riscos mercadológicos.

Não serão elegíveis:

• Projetos de TI que visem a evolução do software existente para uma nova plataforma (exemplo: adaptação de software para a “nuvem” ou para smartphones ou tablets)

• Projetos de TI internos às organizações que visem uma maior eficiência e eficácia, mas que utilizam de tecnologias já existentes. Por exemplo a implantação de um ERP (software de gestão) na empresa.

• As evoluções de softwares, que apenas implicam em melhorias, como a criação de novas funcionalidades.

Sigilo

Todos os membros do Comitê de Julgamento, equipes do BDMG e da FAPEMIG envolvidas no processo do Pró-Inovação assinaram um Termo de Sigilo que dentre outras obrigações, define que:

“CLÁUSULA SEGUNDA: A PARTE COMPROMETIDA (FAPEMIG e BDMG) se obriga a não distribuir, copiar, revelar, reproduzir, adaptar, fornecer, comercializar ou por qualquer outra forma, divulgar ou explorar as INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS que lhes tenham sido confiadas ou de que tem conhecimento, mantendo-as em segredo e confidencialidade absoluta, salvo quando sua divulgação for previamente autorizada, por escrito, pela PARTE REVELADORA (proponente) com anuência da FAPEMIG e BDMG, ou sua divulgação for exigida judicialmente. Neste último caso, a divulgação deverá ser previamente informada, por escrito, à PARTE REVELADORA (proponente).”

Informações Gerais:

• Os projetos terão de ser protocolados na FAPEMIG até oito dias antes da reunião do Comitê de Julgamento;

• O Comitê de Julgamento se reúne no mínimo uma vez por mês, de acordo com o número de projetos apresentados;

• Após a aprovação do projeto pelo Comitê de Julgamento a empresa será comunicada pelo BDMG para dar sequência na Fase 2;

• A empresa terá 60 dias para enviar a documentação e continuar no processo de análise, o não cumprimento deste prazo, acarretará em desclassificação;

• Caso o Comitê de Julgamento considere que as informações apresentadas pela empresa estão incompletas, a mesma será contatada para complementar as informações;

• Os projetos não aprovados serão destruídos.

• As condições estão sujeitas a alterações e o financiamento sujeito a análise de crédito e disponibilidade de recursos.

• O valor máximo financiável por empresa é de R$ 2 milhões que poderá ser financiado em apenas um programa ou na soma dos programas PROPTEC e Pró-Inovação.

Valor:

Veja abaixo os links.

Documentos:

Formulário Pró-Inovação

Quadro de Usos e Fontes Pró-Inovação

Links:

Manual da FAPEMIG

Contatos para informações:

BDMG – inovacao@bdmg.mg.gov.br

FAPEMIG – ci@fapemig.br