FAPEMIG na SBPC

Compartilhe

 

 

Quem passar pela tenda da ExpoT&C durante a SBPC, que ocorre entre os dias 16 e 22 de julho na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a FAPEMIG. No estande da instituição, além de apresentar os programas institucionais, a equipe irá registrar entrevistas e realizar cobertura jornalística para os veículos do projeto Minas Faz Ciência.

O estande terá 64m² divididos em quatro áreas temáticas, com exposições de projetos apoiados ou desenvolvidos pela Fundação: espaço institucional, SIMI e Trilha Mineira de Inovação, Rio Doce e Inova Minas formam um verdadeiro circuito científico, que estará disponível para ser explorado e descoberto durante a feira.

Os projetos serão apresentados de forma interativa, com recursos lúdicos e têm como objetivo, além de atrair a atenção e curiosidade do público, promover uma compreensão e entendimento sobre cada tema. No espaço institucional, por exemplo, os visitantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a FAPEMIG, as modalidades de fomento e o PCCT.

Os diferentes “lounges” FAPEMIG

Já no ambiente destinado ao Sistema Mineiro de Inovação (SIMI) e ao recém lançado projeto Trilha Mineira de Inovação (TMI), o público terá a oportunidade de saber mais sobre o SIMI e suas áreas de atuação, bem como ter acesso a informações sobre a plataforma TMI. Esta cria um ambiente virtual para possibilitar que empresas “nascentes” possam alcançar o sucesso do modo mais coordenado, encontrando informações e orientações diversas.

No espaço Rio Doce, o visitante terá acesso às formas de atuação da FAPEMIG, desde o rompimento da barragem em Bento Rodrigues. Uma delas é o projeto que tem o apoio da Fundação e está sob a coordenação do pesquisador Fernando Lameiras, do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN). A pesquisa utiliza o resíduo depositado no leito do Rio Gualaxo do Norte e na Barragem de Candonga para fabricar blocos semelhantes ao tijolo maciço. Neste ambiente, também haverá um jogo virtual que simulará um passeio de barco pelo Rio Doce. O passeio levará o público a conhecer alguns elementos que possibilitarão discutir certos temas e pesquisas.

O quarto e último espaço do estande será para apresentar a Mostra Inova Minas. Neste espaço será exibido o projeto Realidade Virtual para o Treinamento dos Músculos Pélvicos, da Universidade Federal de Alfenas (Unifal). O projeto participou da última edição da Mostra, em 2016, e trata-se de uma pesquisa para estimular o treinamento da musculatura do assoalho pélvico utilizando um videogame, o que favorece a aderência dos pacientes e o sucesso da terapia para controle urinário.

SBPC

Das atividades confirmadas nas programações científica, da SBPC Inovação, SBPC Afro e Indígena e SBPC Cultura, serão 70 conferências, 91 mesas-redondas, 55 minicursos, 13 sessões especiais, 4 assembleias, 3 reuniões de trabalho e 5 encontros, num total de mais de 240 atividades, com a participação de pesquisadores renomados do Brasil e exterior, e gestores do sistema estadual e nacional de CT&I. Dentre elas, a FAPEMIG, representada por seu presidente, Evaldo Vilela, participará diretamente de conferências e mesas redondas sobre importantes temas atuais ligados à pesquisa científica e inovação: Inovação e Transformação Social e Econômica, Sistemas de Inovação e Startups, Geração e Transferência de Tecnologia e Inovação e Transformação Social e Econômica serão alguns dos assuntos abordados pelo presidente da Fundação, na SBPC.

  • Dia: 16 até 22 de julho
  • Local: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no campus da Pampulha, em Belo Horizonte (MG)
  • Horário: 9h até 18h
  • Confira a programação completa aqui. 
Tatiana Nepomuceno