Você sabe a diferença entre pesquisa básica e aplicada?

Compartilhe

Vamos supor que você queira pesquisa algo – um conceito, um estudo ou uma palavra. Você já parou para pensar o que significa pesquisa? Do latim “perquirere”, ou seja, procurar com perseverança, pesquisa é todo o conhecimento que queremos adquirir, tanto por meio da resolução de um problema, de uma dúvida ou mesmo quando temos uma curiosidade sobre determinado tema. Ao fazer uma pesquisa, desbravamos mundos até então desconhecidos, mergulhamos nossa mente em universos pouco ou nada navegados e as descobertas podem ser incontáveis.

Para esclarecer o conceito entre pesquisa básica e aplicada. De acordo com os especialistas, a pesquisa básica tem o objetivo de gerar novos conhecimentos para o avanço da ciência, mas sem necessariamente investir em uma aplicação prática. Além de buscar conhecimentos visando a difusão na comunidade, a pesquisa básica envolve verdades e interesses universais. Já a pesquisa aplicada, por outro lado, também tem o objetivo de gerar novos conhecimentos mas para aplicação prática, seja para a solução de problemas ou objetivos específicos, seja pela investigação original. Pretende-se também ser usada a curto ou médio prazo, visando os possíveis usos para as descobertas decorrentes da pesquisa básica.

Quer saber mais? Clique aqui e baixe o e-book gratuito, criado pelo Sistema Mineiro de Inovação (Simi), que explica de forma didática e objetiva, as características de cada uma.