Sandra Goulart Almeida é nomeada para o Conselho Curador da FAPEMIG

Compartilhe

Manoel Marques/Imprensa MGA vice-reitora Sandra Regina Goulart Almeida foi nomeada pelo governador Fernando Pimentel para o Conselho Curador da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG). O ato foi publicado pelo Jornal Minas Gerais, na edição de sexta-feira, 9.

O Conselho Curador da FAPEMIG é composto de 12 membros e tem como principal atribuição definir a política geral da Fundação. Sandra Goulart Almeida foi escolhida entre “pessoas de ilibada reputação” e “de grande experiência e saber científico e tecnológico reconhecidos”, conforme os critérios estabelecidos no estatuto da entidade.

Eleita pela comunidade acadêmica para dirigir a Universidade nos próximos quatro anos, Sandra Goulart Almeida substitui Virmondes Rodrigues Júnior, professor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Atualmente, o órgão é presidido por Clélio Campolina, professor emérito da UFMG e reitor da Universidade na gestão 2010-2014. Ele foi empossado no último dia 23 de fevereiro.

“A presença da UFMG no conselho curador da FAPEMIG é extremamente importante porque se trata da universidade mineira de maior densidade, o que significa fortalecimento acadêmico e institucional”, avaliou Campolina. Ele participou, no Palácio da Liberdade, nesta quinta-feira, dia 8, de reunião em que a professora Sandra Goulart Almeida foi anunciada como conselheira da Fapemig. Na ocasião, o reitor Jaime Ramírez apresentou a professora Sandra como futura reitora da UFMG.

Entre outras autoridades estaduais, participaram do encontro o secretário de Planejamento de Minas Gerais, Helvécio Magalhães, e os presidentes da FAPEMIG, Evaldo Vilela, e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, Marco Aurelio Crocco, que é professor da Face.