TecnoPARQ de Viçosa completa quatro anos

Compartilhe

O Parque Tecnológico de Viçosa (tecnoPARQ), uma das unidades do Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (CenTev), órgão vinculado à Universidade Federal de Viçosa (UFV), completa quatro anos. Com uma proposta inovadora, o tecnoPARQ visa promover a interação entre universidades e o setor produtivo, possibilitando que o empreendedorismo de base tecnológica possa ser transformado em riquezas e benefícios para a sociedade.

Nesses quatro anos, o tecnoPARQ tem muito a comemorar. O Parque possibilitou, por exemplo, a fixação das empresas oriundas do programa de Incubação da IEBT CenTev (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CenTev/UFV) em Viçosa, e a atração de novas empresas de base tecnológica devido ao ambiente favorável de empreendedorismo e inovação. “O tecnoPARQ, apesar de ser um empreendimento ainda recente, obteve grande destaque nos cenários voltados a empreendimentos de inovação nacionais,  figurando como finalista na categoria Melhor Parque Tecnológico na premiação promovida pela Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores) e conquistou prêmio na Conferência Internacional da IASP (International Association of Science Parks and Areas Innovation), ambos em 2014.”, conta Rodrigo Garcia Vilela, coordenador do tecnoPARQ.

O Parque também contribuiu para a estruturação da Lei de Inovação Municipal de Viçosa através de incentivos fiscais às empresas de base tecnológica, com a vinda de empresas de outras cidades para o município e pelo desenvolvimento dos Projetos do Centro Tecnológico de Biossegurança e Quarentena Vegetal (CTBQV) e do Centro Tecnológico de Biossegurança Bioagentes (CTBB). De acordo com Rodrigo Vilela, atualmente, o tecnoPARQ atrai empresas de base tecnológica que buscam um ambiente inovador, gerando emprego qualificado e mais arrecadação para a cidade, além de ser um potencial agente de desenvolvimento de políticas públicas no estado, beneficiando diretamente a comunidade local e a Universidade Federal de Viçosa. “É de fundamental importância a parceria da FAPEMIG e de outros atores como a Prefeitura Municipal de Viçosa, a SECTES e a UFV. Especificamente, destacamos o apoio da FAPEMIG para contratação de bolsistas e estagiários, pelo aporte de recursos aos planos de urbanização do parque e dos projetos do CTBQV”, cita o coordenador.

Para o futuro, o Parque projeta abrigar mais empresas de base tecnológica, ter maior projeção nacional e internacional e ser reconhecido como ambiente diferenciado de inovação e empreendedorismo. No dia 10 de abril, haverá uma solenidade no CenTev para comemorar os quatro anos do tecnoPARQ.