Conheça a modalidade BIC Internacional direcionada a alunos de graduação

Compartilhe

A modalidade BIC Internacional é direcionada a alunos de graduação que estão envolvidos com projeto de pesquisa no Brasil, para que possam realizar parte desta pesquisa no exterior, em uma das instituições parceiras da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG). Não se trata de um bolsa de estudos, mas de um auxílio para realização de parte da pesquisa no exterior, em que o graduando atuará com supervisão tanto do orientador brasileiro quanto do orientador estrangeiro.

 

São itens financiáveis pela FAPEMIG na modalidade BIC Internacional: passagens aéreas, seguro-saúde e despesas operacionais. Despesas operacionais são recursos destinados a cobrir dispêndios operacionais das entidades sem fins lucrativos credenciadas pela FAPEMIG para atuarem com Gestoras. Moradia e alimentação devem ficar a cargo da instituição de destino, no exterior. Esses detalhes devem ser organizados pelo aluno e coordenação antes de enviar a solicitação da modalidade para a FAPEMIG.

 

Para se candidatar à BIC internacional, é preciso enviar para os correios os seguintes documentos, conforme solicitado no Manual da FAPEMIG:

  • Cópia do projeto aprovado por órgão financiador oficial, contendo valor aprovado, início e término previstos;
  • Plano de trabalho do candidato à bolsa. (Não serão aceitos planos de trabalho com cronogramas físicos similares ao constante no projeto, nem planos similares para mais de um candidato);
  • Documento comprobatório da aprovação do financiamento do projeto

 

O candidato poderá enviar os documentos abaixo com intuito de fornecer informações complementares:

  • Folha de rosto, contendo o título do projeto e a identificação do candidato, a saber: nome completo, endereço residencial, telefone para contato e e-mail;
  • Cópia do documento de identidade do candidato;
  • Cópia do Currículo Lattes do candidato;
  • Cópia do Currículo Lattes do orientador brasileiro da pesquisa;
  • Comprovante de matrícula em instituição de ensino superior em Minas, do semestre vigente;
  • Ofício do orientador estrangeiro, informando que o candidato realizará atividades de pesquisa naquela Universidade;
  • Demonstrar claramente no projeto de pesquisa a conexão com a parte estrangeira da pesquisa, bem como os benefícios advindos desta parceria;
  • Cópia do Termo de Outorga do Projeto de Pesquisa em que o aluno de graduação esteja vinculado atualmente no Brasil, obtido junto à agência de fomento (e.g. CNPq, FAPEMIG etc);
  • Documento da agência de fomento contendo o plano de trabalho vigente do projeto de pesquisa em que o candidato esteja inserido;
  • Formulário ou ofício da Universidade no exterior, em que conste a solicitação de contrapartida desta instituição para o custeio da estadia do candidato durante a duração do projeto de pesquisa no exterior.

 

Para o teste de proficiência em inglês, é suficiente que o orientador estrangeiro do candidato à bolsa ateste em um documento formal que este possui as habilidades na língua do país de destino para desenvolver as atividades de pesquisa pretendidas.