UEMG expõe dois projetos na 68º reunião da SBPC

Compartilhe

A 68º Reunião da SBPC acontece na Universidade Federal do Sul da Bahia , de 03 a 09 de julho, e tem como tema deste ano Sustentabilidade e Tecnologias para a Integração Social. A Universidade Estadual de Minas (UEMG) vai apresentar dois projetos relacionados à temática na Expotec – mostra de ciência, tecnologia e inovação (C,T&I) que reúne centenas de expositores, como universidades, institutos de pesquisa, agências de fomento, entidades governamentais e outras organizações interessadas em apresentar novas tecnologias, produtos e serviços.

O projeto Librário: libras na escola e na vida é parte do Projeto Design Digital para inclusão de deficientes auditivos e promove a aplicação de jogos pedagógicos que modificam a realidade de quem deseja aprender a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). O jogo consiste em um baralho de cartas com sinais em libras e palavras em português, que busca ensinar por meio de um jogo de memória. Foram criados dois tipos de baralho: um consiste em palavras do cotidiano e outro é um jogo de Artes Visuais.

O outro projeto é o Food Design: Um estudo para a redução da Obesidade Infantil, que faz parte do Programa de Pós-graduação da Escola de Design (PPGD) da UEMG. O projeto surge ao perceber o exorbitante aumento dos índices de obesidade infantil, influenciados pela invasão de alimentos industrializados, padronizados, pobres em nutrientes e ricos em gorduras, açúcares e sódio. Através da ludicidade dos jogos, busca-se incentivar as crianças em sua relação a práticas que conduzem a uma vida mais saudável. Um exemplo é o jogo da memória, que além de oferecer frutas e exercícios, também mostra a importância do repouso, de lavar as mãos e de se alongar. “Desenvolvemos também o jogo de tabuleiro ‘Corrida Saudável’, que apresenta os mascotes do projeto e guiam as crianças através do conceito de esforço e recompensa, em que os participantes precisam executar atividades físicas ou responder de acordo com os hábitos alimentares praticados no dia”, explica a mestranda que desenvolveu a pesquisa, Letícia Hilário Guimarães.

Quer conhecer outros projetos de instituições mineira que estarão na SBPC? Acompanhe por aqui outras notícias da Rede Mineira de Comunicação Científica.