FAPEMIG e CGE no combate à corrupção

Compartilhe

Crédito: Carlos Alberto/Imprensa – MG

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) e a Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais (CGE) firmaram a parceria inédita no combate à corrupção no Estado. A inciativa consiste no  lançamento de um desafio para o desenvolvimento de um aplicativo capaz de promover o controle social. O desafio é destinado às startups mineiras e a perspectiva é que o mesmo seja lançado até o início de 2018. Entende-se como controle social a capacidade do cidadão de avaliar as ações e a qualidade dos serviços públicos prestados.

De acordo com Lincoln Teixeira, auditor chefe da FAPEMIG, o objetivo dessa ferramenta é dar voz ao cidadão e possibilitar que o mesmo avalie efetivamente os produtos e serviços públicos oferecidos, trazendo a opinião da sociedade para gerar aprimoramentos nas entregas. Lincoln também acredita que será possível conseguir extrair informações estratégicas para implantação de políticas públicas futuras e a parceria com a Fundação é essencial como suporte na tomada de decisões. “Precisamos dar celeridade ao processo e o Know-how de CT&I da FAPEMIG é importante para fomentar o desenvolvimento e a seleção desses aplicativos”, ressalta o auditor.

A FAPEMIG e a CGE já se reuniram com o Centro de Serviços Compartilhados (CSC), da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, responsável pela maior parte das compras, para articular o desenvolvimento da ação. O próximo passo é uma reunião entre as startups apoiadas pela Fundação, entre fevereiro e março de 2017. Nesse encontro serão discutidas as necessidades e as demandas para o desenvolvimento do aplicativo e a partir dessa reunião será elaborado o regulamento do concurso para desenvolvimento do aplicativo. O concurso entre as startups, cujo instrumento jurídico ainda está em definição, vai selecionar e premiar o vencedor no final de 2017.

Essa ação integra o Programa Mineiro de Promoção da Integridade (PMPI), de competência da CGE e que foi lançado nessa quarta-feira, dia 14, no auditório do BDMG, em Belo Horizonte. Na oportunidade, também esteve presente o presidente da FAPEMIG, Evaldo Vilela, que destacou a importância da parceria. “Além de fomentar a CT&I em Minas Gerais, a FAPEMIG também tem como preocupação levar a informação para a população, contribuindo com o desenvolvimento social mineiro”, destaca o presidente.

Programa Mineiro de Promoção da Integridade

O Programa, de competência da Controladoria-Geral do Estado de Minas (CGE), é o primeiro do Estado articulado para promover a probidade no âmbito estadual e representa importante união de diversas ações a fim de construir pilares éticos junto aos servidores, sociedade e parcerias institucionais.