FAPEMIG participa do evento de 50 anos do Cedeplar

Compartilhe

O Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG completou 50 anos e as celebrações incluíram o seminário Desafios para a Diversificação e Sofisticação da Economia Mineira. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) foi representada no encontro pelo seu gerente de Inovação, Heber Neves.

Heber destacou o papel da Fundação como instituição de fomento que está atenta às necessidades da economia local e nacional. “Nos 30 anos da FAPEMIG, pudemos perceber as mudanças das demandas por financiamento de pesquisa nesse estado tão grande e tão diverso. É preciso ter um olhar que considere essas mudanças para fazer financiamentos e promover parcerias relevantes”, avalia.

Um exemplo citado pelo gerente foram os editais voltados às áreas de tecnologia e inovação. A Fundação tem reunido esforços para financiar iniciativas como o Seed, o maior programa de aceleração de startups governamental, o Lemonade – programa de pré-aceleração de startups realizado pela Fundepar e Fundep; e o BioStartup Lab, da Biominas.

Da mesma maneira, a Instituição continua apoiando os Núcleos de Inovação Tecnológica, responsáveis por gerir a política de inovação das ICTs; e programas como o Inventiva, que tem como objetivo apoiar a construção de protótipos de produtos inovadores no Estado de Minas Gerais.

Ao longo do dia, o seminário abordou temas como Novos caminhos para a sofisticação da economia mineira, Cadeias Globais de Valor: Oportunidades e Limites para Minas Gerais, Indústria e serviços: desafios para a sofisticação econômica. Durante o encontro, também foi lançado o livro Economia da Ciência, Tecnologia e Inovação – Fundamentos Teóricos e a Economia Global.