Projetos Especiais

OBJETIVO

Financiar projetos, que atendam demandas de interesse do Estado de Minas Gerais e da sociedade visando a solução de problemas atuais, executados por instituições qualificadas para o atendimento das políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação, definidas no âmbito do Conselho Curador da FAPEMIG, PMDI, PPAG, CONECIT.

2 DEFINIÇÃO

Projetos especiais: por projetos especiais entendem-se projetos temáticos de pesquisa, caracterizados pela transversalidade, envolvendo diferentes áreas do conhecimento, de natureza interdisciplinar, multidisciplinar ou transdisciplinar, submetidos por grupos de pesquisa ou por pesquisadores individualmente, com abrangência em pesquisa básica ou pesquisa aplicada, de notória relevância

científica e/ou social e atendendo a pelo menos uma das seguintes condições:

1) Novidade/Originalidade: estado da arte do conhecimento, evidenciando estar na fronteira do saber e conter o potencial de contribuir para o avanço do conhecimento, inovação científica;

2) Atualidade/Oportunidade: solução de problemas atuais, mediante a geração de conhecimento novo ou lançando mão do conhecimento disponível, tendo como foco demandas de interesses do Estado, da sociedade e do mercado.

 

3 REQUISITOS

a) A proposta somente poderá ser submetida na modalidade projetos especiais, quando a mesma não se enquadrar em alguma chamada ou em algum programa da FAPEMIG.

b) A proposta, considerando as especificidades das diferentes áreas do conhecimento, deverá ser apresentada com no máximo 15 páginas.

c) Orçamento de até R$ 500.000,00.

d) Roteiro para elaboração da proposta: Título; Justificativa- evidenciar a relevância da proposta; Introdução- contextualizar o referencial do conhecimento em face do escopo da proposta; Objetivo(s); Cronogramaobjetivos, metas, atividades, prazos e indicadores de acompanhamento; Estratégia experimental- metodologia de trabalho, para atingir os objetivos; Equipe- indicação do coordenador (a), qualificação e o papel de cada membro da equipe na execução do projeto; Orçamento detalhado- verificar os itens financiáveis no Manual da FAPEMIG e justificar aplicação dos itens, em face do escopo da proposta; Referências bibliográficas; Sumário executivo (no máximo uma página). Indicar a área do conhecimento, prazo de execução, instituição executora, coordenação e instituição gestora, quando for o caso.

4 CLIENTELA

ICTs sediadas em Minas Gerais.

 

5 PRAZO

Fluxo contínuo: a submissão da proposta por meio de arquivo eletrônico para o endereço: dcti@fapemig.br

 6 JULGAMENTO E SELEÇÃO

O julgamento e seleção dos projetos especiais, submetidos à FAPEMIG, serão realizados pela Câmara de Assessoramento de Projetos Especiais, com base nos critérios definidos no Manual da FAPEMIG.

Demais informações:

Manual da FAPEMIG