Centelha realizou quatro capacitações em maio

Vanessa Fagundes - 10-06-2021
285



Os empreendedores contemplados na primeira edição do Programa Centelha tiveram a chance de participar, em maio, de quatro capacitações planejadas para ajudar no fortalecimento de seus negócios. As atividades foram organizadas pela FAPEMIG, instituição responsável pela execução do Programa em território mineiro.

O primeiro treinamento aconteceu já no início do mês, em 5/5. Em “Vamos falar de Precificação?”, Claudia Martins Moura, do Sebrae-MG, convidou os representantes das empresas contempladas pelo Centelha-MG a apresentarem, um a um, o nome e as atribuições dos empreendimentos. O objetivo da capacitação foi ensinar aos empreendedores a estruturar e analisar os custos de sua empresa, para assim conseguirem estipular o preço de venda adequado para os seus produtos e serviços.

Na "Mentoria Pitch Demoday", oferecida por Paulo A. Granjeiro, da USFJ/NETEC/INDETEC, buscou-se proporcionar a oportunidade para cada uma das quinze empresas apresentarem, em no máximo três minutos, o seu respectivo modelo de negócio. Granjeiro atuou como o avaliador dos pitchs e fez comentários, dialogando com cada um dos empreendedores após as apresentações. A ação aconteceu em 12/5.

No dia 17/5, Bruna Silva Barbosa Pereira, do Fiemg/Lab, ofereceu o treinamento “Dicas para uma boa gestão de projetos”. Em uma troca de experiências com os empreendedores, ela contextualizou o tema, mostrando os principais aspectos de gerenciamento – custo, escopo, qualidade, prazo, equipe, stakeholders, riscos, integração, comunicação e aquisições. Deu exemplos sobre stakeholders e equipes, frisando a relevância do empreendedor trabalhar a sua ideia e desenvolver um produto mínimo viável (MVP).

Na última capacitação do mês, oferecida em 27/5, Pedro Vaz, da SEDE-MG, falou sobre “Validando o seu negócio, um teste por vez”. Grande parte das empresas contempladas pelo Centelha-MG possuem protótipos, elaborados por conta própria, e o objetivo da capacitação foi incentivar os empreendedores a testarem os seus produtos (junto aos clientes) a fim de validarem seus negócios. Assim, é possível que a empresa descubra o perfil dos clientes, o que lhes interessa, além de arranjar formas diferentes para cada área e cada produto.

Outras cinco capacitações, que contemplam os seis eixos do mundo dos negócios (tecnologia, produto, capital, gestão, mercado e equipe), estão previstas para acontecer em junho. O Programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). É operado pela Fundação CERTI e, em Minas Gerais, executado pela FAPEMIG.

Outras informações sobre o Centelha MG podem ser obtidas aqui