BOLSAS HERMÉTICAS PARA ARMAZENAMENTO A GRANEL DE CAFÉS ESPECIAIS BENEFICIADOS

IDENTIFICADOR: 345 | DATA: 21-07-2021
2739

SETOR ECONÔMICO:

Lácteos e Café.


BREVE DESCRIÇÃO:

A presente invenção destina-se ao acondicionamento de cafés especiais beneficiado em bolsas revestidas internamente com uma barreira impermeável à água e gases.


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Dentre as etapas que antecedem a comercialização dos grãos de café, o armazenamento é considerado uma das mais importantes para a manutenção da qualidade do produto final. Para suprir as demandas na entressafra ou então para que o produto adquira um preço melhor no comércio, grande parte da produção de café passa por um período de armazenamento. Embora essa qualidade não possa ser melhorada, condições adequadas de armazenamento contribuem para a conservação das características iniciais do produto por período prolongado, retardando o processo de deterioração. Faz-se necessário o desenvolvimento de novas técnicas que permitam aumentar o tempo de armazenamento, com a preservação da qualidade dos grãos de café com custo mais acessível.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

A presente tecnologia, apresenta como novidade a hermeticidade das bolsas para armazenagem de produtos a granel e sua adequação à injeção e controle de CO2. Possuir um eficaz sistema de distribuição de CO2, que permite o monitoramento e reposição da concentração desejada, possibilitando assim seu uso continuado, sem alterações as condições pré-estabelecidas.


VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Menor custo de armazenamento; diminui os custos de fretes, já que se pode comercializar em momentos que não existe tanta demanda de caminhões; diminui fretes curtos ao atravessador local, já que se pode vender direto ao porto; otimiza aspectos operacionais; possibilita a realização de classificação por qualidade, evitando mistura nos silos metálicos e perda mínima de nutrientes durante o armazenamento.


POTENCIAIS E PLICAÇÕES:

Setor cafeeiro, especificamente em embalagens de armazenamento: As embalagens possuem capacidade de armazenamento de 1.000 a 1.400 kg de café, são dobráveis e reutilizáveis, se adaptam ao manuseio mecanizado reduzindo assim o custo operacional, e oferecem proteção contra as alterações na qualidade física, química, bioquímica e sensorial dos grãos de café.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Patente concedida.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

PI 0903676-8


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

nintec@ufla.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente na íntegra aqui.