FERRO QUELATO TRANSDÉRMICO

IDENTIFICADOR: 466 | DATA: 20-08-2021
3581

SETOR ECONÔMICO:

Saúde humana, serviços sociais

Fármacos


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Anemia, falta de ferro e ferritina no organismo.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

Formulação a base de gel, acrescido da emulsão de polaxamer 407, emulsão hidrossolúvel e lipossolúvel, lecitina granulada, palmitato de isopropila e óxido ferroso, com a finalidade de repor o ferro por via simples e sem efeitos adversos em pacientes anêmicos.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

A invenção pode ser uma alternativa segura em relação à via oral, pois elimina variáveis que influenciam na absorção gástrica, como mudanças de pH ao longo do trato gastrintestinal.  É alternativa às injeções hipodérmicas, pois evita o uso de via invasiva com administração dolorosa e internação em ambiente hospitalar expondo o paciente a riscos, como reação anafilática, hipotensão e choque.


POTENCIAIS E APLICAÇÕES:

Para o paciente, haverá acesso ao tratamento de forma simples e em ambiente doméstico. Para as políticas públicas de saúde, evitariam gastos com hospitais ou unidades básicas e necessidade de profissionais qualificados para executar as técnicas invasivas.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Pedido de Patente depositado no INPI.


TITULARES:

Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí - FUVS/UNIVAS


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2019 003454 8


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

nit@univas.edu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.