FAPEMIG é menção honrosa em prêmio “Destaques do Controle” da CGE

Bárbara Teixeira - 13-12-2023
1959

Dois projetos da FAPEMIG receberam menção honrosa no 4º Prêmio Destaques do Controle organizado pela Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE). Nesta quarta-feira (13), aconteceu a cerimônia de premiação em que a Fundação concorreu em duas categorias: “Fortalecimento da integridade, da transparência e da participação social” e “Prevenção de irregularidades, fraudes e ilícitos, combate à corrupção e recuperação de ativos”.

Camila Pereira e Rafael Falce Neto receberam a menção honrosa em nome da FAPEMIG. Créditos: Bárbara Teixeira / ACS

Os projetos que concorreram são iniciativas inovadoras desenvolvidas pelos próprios servidores da FAPEMIG. Durante a cerimônia de premiação, um dos membros da comissão julgadora das propostas, Edmar Camata, Secretário de Estado de Controle e Transparência do Espírito Santo, lembrou que os projetos visavam à melhoria da gestão pública por meio de ideias que pudessem repercutir dentro do Estado.

A FAPEMIG apresentou os projetos “Pagamento automatizado das bolsas dos programas de incentivo à formação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG” e “Classificação de riscos dos projetos monitorados pela FAPEMIG”.

Automação nos pagamentos de bolsa

Um dos projetos apresentados pela FAPEMIG foi desenvolvido para facilitar e automatizar o pagamento das bolsas de pesquisa. Há um ano, a Fundação conta com os robôs de automação, que realizam o registro dos dados cadastrais de bolsistas, bem como os empenhos, liquidações e ordens de pagamentos das bolsas.

O procedimento trouxe para a instituição facilidade no processo de pagamento, aumentando a segurança e a transparência. Confira a notícia que possui mais detalhes sobre a inovação.


Adão Porto, Reginaldo dos Santos e Thiago de Souza, responsáveis pelo projeto de automação dos pagamentos. Créditos: Bárbara Teixeira / ACS

Classificação de risco

Em paralelo à automação dos pagamentos, a FAPEMIG desenvolveu um sistema de classificação de risco dos projetos apoiados de forma a levar aos pesquisadores um atendimento personalizado. A iniciativa foi proposta pelo Departamento de Monitoramento e Avaliação de Resultados (DMA) para prevenir, com maior precisão, problemas durante a execução dos projetos, permitindo focar na resolução de questões que poderiam impactar no alcance das metas pactuadas.

De acordo com Rafael Falce Neto, chefe do DMA, “com a definição do risco como leve, moderado ou alto, é possível ter uma previsibilidade sobre o desenvolvimento dos projetos, bem como a apuração daqueles que precisam de um relatório e uma análise mais detalhada, e os que podem ter o monitoramento simplificado. Assim, o processo foi otimizado, se tornando mais eficiente ao garantir celeridade nas análises e foco na resolução de problemas que podem impactar no alcance dos objetos pactuados”. 

De forma geral, a classificação de risco é uma nova ferramenta institucional que visa agilizar e desburocratizar a prestação de contas técnico-científicas dos projetos contemplados pelos inúmeros programas custeados pela FAPEMIG e seus parceiros.

Prêmio Destaques do Controle

Os ganhadores dos primeiros lugares de cada categoria foram:

Aprimoramento da gestão governamental e das políticas públicas

1º Advocacia Dativa Eficiente: a Desburocratização do Pagamento como Mecanismo de Acesso à Justiça, da Advocacia-Geral do Estado de Minas Gerais (AGE).

Fortalecimento da integridade, da transparência e da participação social

1º Cartilha em “mineirês” com diretrizes do Código de Conduta, Ética e Integridade da Codemge, da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge).

Prevenção de irregularidades, fraudes e ilícitos, combate à corrupção e recuperação de ativos

1º Monitoramento de Projetos executados via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte mediante vistorias virtuais, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

1º Gestão de Integridade de Terceiros: avaliação dos Programas de Compliance e das Políticas de Transação com Partes Relacionadas das concessionárias, da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais (Seinfra).

O Prêmio Destaques do Controle está em sua 4ª edição e busca valorizar o servidor e valorizar os trabalhos desenvolvidos para o controle interno das instituições com base na melhoria da gestão, inovação e transparência. A ideia central é destacar os melhores projetos e disseminar as iniciativas para os demais órgãos do estado.