Universidades estaduais debatem políticas públicas de pesquisa, inovação e tecnologia

ASCOM UEMG - 20-12-2023
1167

Em reunião promovida na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG), na manhã desta quarta-feira (20/12), dirigentes das duas instituições públicas de ensino superior estaduais discutiram, com a articulação da fundação e a participação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, as estratégias e as políticas públicas para a pesquisa, inovação e o desenvolvimento tecnológico no estado de Minas Gerais.




Durante sua intervenção, a Reitora da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), professora Lavínia Rosa Rodrigues, destacou a necessidade da construção de uma política para que os critérios estabelecidos nos editais considerarem a realidade de cada instituição a fim de que se promova uma captação de recursos mais justa e equilibrada. “É preciso pensar na inclusão de docentes que estão iniciando suas carreiras”

O presidente da FAPEMIG, Carlos Alberto Arruda de Oliveira destacou que dentro da cadeia de valores da educação, “seja na formação de profissionais, cientistas, pesquisadores e até profissionais para o mercado, os indicadores considerados são da ciência, tecnologia, engenharia e matemática, agora está sendo ampliado o conceito e estamos incluindo o ensino com artes. É um conceito que veio da Finlândia e que tem muita afinidade com a UEMG,” exemplificou.

Para o Reitor da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), professor Wagner de Paulo Santiago, além das políticas de fomento à pesquisa e aquisição de equipamentos para pesquisa, é preciso que se construa uma política com foco na infraestrutura predial para as instituições.