METODOLOGIA DE CONSTRUÇÃO DE IMUNOSSENSOR PARA O DISGNÓSTICO DE CÂNCER DE OVÁRIO

IDENTIFICADOR: 251 | DATA: 09-11-2020
2581

SETOR ECONÔMICO:

Biotecnologia


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

O câncer de ovário é a sexta neoplasia ginecológica mais comum, com uma taxa de incidência que aumenta com a idade e no estado de pós-menopausa. Os sintomas são freqüentemente muito sutis no início e podem incluir: inchaço, dor pélvica, dificuldade de comer e micção freqüente, e são facilmente confundidos com outras doenças.  Na maioria das vezes, esta doença é detectada numa fase tardia, resultando em altas taxas de mortalidade.

Os exames fundamentais para estabelecer o diagnóstico da doença são realizados por meio de medição do marcador tumoral sanguíneo, contagem de células sanguíneas, química sanguínea, ultrassonografia pélvica, tomografia computadorizada ou ressonância magnética da pelve e do abdômen e laparoscopia exploratória seguida de biopsia do tumor. Ensaios deste tipo configuram parte do algoritmo para uma triagem criteriosa, partindo do princípio que devem ser o mais específicos possível. Quando vários resultados de exames estiverem disponíveis, estabelece-se uma ordem de prioridade por especificidade.

Estes ensaios requerem o uso de reagentes em quantidade elevada, mão de obra qualificada, equipamentos dispendiosos e com manutenção de alto custo, itens que inviabilizam a aplicação destes em campo ou domicílio, além de serem testes muito invasivos e desconfortáveis para as pacientes.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

Esta invenção apresenta um método de construção de um imunossensor baseado na interação de anticorpo e biomarcador especifico para o rastreamento do câncer de ovário, usando eletrodos impressos modificados com polímero como plataforma para detecção por metodologia eletroquímica.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Esse dispositivo apresenta como vantagens a miniaturização, portabilidade, sensibilidade, detecção em tempo real e características propícias para detecção em amostras reais.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Em funcionamento/escala laboratorial.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - FAPEMIG


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2014 0245286


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Núcleo de Inovação Tecnológica da UFU: atendimento@intelecto.ufu.br

Departamento de Proteção e Transferência de Conhecimento da FAPEMIG: dpt@fapemig.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.