USO DO FULEROL PARA PRODUZIR MEDICAMENTOS PARA TRATAMENTO DE PACIENTES INFECTADOS POR ZIKA VÍRUS

IDENTIFICADOR: 367 | DATA: 23-07-2021
3177

SETOR ECONÔMICO:

Fármacos

Serviços de Saúde


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Esta tecnologia permitirá tratar indivíduos infectados por Zika virus para diminuir os efeitos da infecção sobre o organismo. O desafio é apresentar uma droga que tenha poucos efeitos colaterais, que possa ser de baixo custo e uma ação anti-viral eficiente.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

O objetivo da invenção consiste na diminuição da carga viral a partir do tratamento de infecções pelo ZIKV no contexto de cultura de células neuronais. A utilização do fulerol restabelece o equilíbrio redox a partir da redução das espécies reativas formadas durante a infecção viral. Como foi demonstrado na literatura que alguns vírus se multiplicam melhor em condições de estresse oxidativo, a restauração do estado redox celular é capaz de diminuir a carga viral.


VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Essa invenção é a primeira a demonstrar a utilização do fulerol no contexto de infecções pelo ZIKV.


POTENCIAIS E PLICAÇÕES:

Farmacêutico e Pesquisa Médica, Serviços de Saúde.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Patente Depositada.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - UFOP


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2020 020166-2


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Núcleo de Inovação Tecnológica da UFOP: nite@ufop.edu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente na íntegra aqui.