PROCESSO DE OBTENÇÃO DO EXTRATO DE BIDENS PILOSA, COMPOSIÇÃO FITOTERÁPICA E USO

IDENTIFICADOR: 388 | DATA: 09-08-2021
3051

SETOR ECONÔMICO:

Fármacos


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Tratamento para toxoplasmose com baixa toxicidade.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Representa uma das mais comuns zoonoses parasitárias que acomete cerca de um terço da população mundial. Um amplo e variado número de drogas é indicado para o tratamento da toxoplasmose, porém nenhuma é capaz de erradicar completamente a infecção. E as drogas convencionais atualmente utilizadas possuem um grau de toxicidade, particularmente, não é bem tolerada por alguns indivíduos, como com a síndrome da imunodeficiência adquirida, e com uma importante desvantagem de não ter eficácia contra o cisto tecidual do parasito. Portanto, existe uma necessidade crucial para o desenvolvimento de novas drogas seguras com base no conhecimento desse microrganismo. Desse modo, o invento, extrato total aquoso de B. pilosa e seu isolado protéico Maturase K, apresenta propriedades farmacológicas anti-parasitária, pois são capazes de inibirem a invasão e replicação do parasito in vitro e in vivo exercendo uma baixa toxicidade.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Por ser um fitoterápico, a planta Bidens pilosa é facilmente adquirida e cultivada, sendo encontrada abundantemente na flora brasileira. A preparação do composto é simples por infusão e a extração da Maturase K também. Além de terem baixa toxicidade, sendo bem tolerada nos ensaios experimentais in vitro e in vivo.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Foi realizado em escala laboratorial para realização dos ensaios in vitro e in vivo.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - FAPEMIG


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2013 031997 0


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Núcleo de Inovação Tecnológica da UFU: atendimento@intelecto.ufu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.