CIMENTÍCIO DE CONSTRUÇÃO CIVIL UTILIZADO EM ALVÉOLOS DENTAIS FRESCOS HUMANOS PARA PROPORCIONAR ESTABILIDADE PRIMÁRIA E CARGA IMEDIATA EM IMPLANTODONTIA

IDENTIFICADOR: 448 | DATA: 18-08-2021
2768

SETOR ECONÔMICO:

Saúde humana, serviços sociais


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Utilizado para resolução de problemas da implantodontia. Alvéolos frescos, após extrações de dentes comprometidos, que têm diâmetros incompatíveis com o diâmetro dos parafusos de implante. Desta maneira, os parafusos podem ser instalados, más a prótese dental não, o que determina problema de ordem estética e funcional, um paciente neste contexto, necessita ficar de 4 a 6 meses sem o dente, utilizando muitas das vezes, prótese provisória desconfortável e constrangedoras.

O cimentício é biocompatível e bioativo, além de proporcionar estabilidade primária para instalação de carga imediata em implantodontia.


POTENCIAIS E APLICAÇÕES:

Utilização de cimentício de construção civil, para resolução dos problemas de impossibilidade de realização de carga imediata nos procedimentos de implantodontia decorrentes de extrações principalmente de dentes anteriores.

Endurecimento imediato à instalação, resistência, biocompatibilidade, bioatividade.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Pedido de Patente depositado no INPI.


TITULARES:

Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí - FUVS/UNIVAS


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2018 004434 6


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

nit@univas.edu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.