APLICAÇÃO DA CELULOSE BACTERIANA EM PRÓTESES E ENXERTOS UROLÓGICOS

IDENTIFICADOR: 453 | DATA: 18-08-2021
1593

SETOR ECONÔMICO:

Biotecnologia

Fármacos

Saúde humana, serviços sociais


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Tecidos autólogos, como segmentos intestinais, pele e mucosa oral, são os atuais substitutos para a reconstrução, no entanto, existem inúmeras complicações locais e sistêmicas associadas à obtenção e utilização desses tecidos, como por exemplo, reações inflamatórias e rejeição.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

Atualmente não se dispõe na medicina substitutos temporários ou permanentes, nem próteses ou enxertos para o trato urinário. A celulose bacteriana demonstrou potencial para ser utilizada em próteses já existentes e consagradas, podendo evitar ou minimizar a formação de biofilme, degradação, incrustação, reação inflamatória e rejeição, as quais ocorrem por exemplo, em cateteres duplos J.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

aplicação da celulose bacteriana na confecção de próteses e enxertos urológicos. Verificou-se nos testes que a utilização deste segmentos da via urinaria ou derivação urinária, poderá minimizar a morbidade, mortalidade e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, material biocompatível, na substituição parcial ou total, temporária ou permanente, de segmentos da via urinaria ou derivação urinária, poderá minimizar a morbidade, mortalidade e melhorar a qualidade de vida dos pacientes.


POTENCIAIS E APLICAÇÕES:

Aplicação da Celulose bacteriana em Próteses e Implantes para o trato Urinário.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Pedido de Patente depositado no INPI.


TITULARES:

Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí - FUVS/UNIVAS


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2020 016493 7


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

nit@univas.edu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.